sexta-feira, 8 de junho de 2012

Conhece-te antes de mais nada

"Quem olha para fora, sonha. Quem olha para dentro, desperta." 
Carl Gustav Jung



Eu recebo diariamente no meu email mensagens do Brahma Kumaris e do Biblio.Muitas destas eu transcrevo para o FB e/ou encaminho para alguns amigos.Algumas chegam para surpeender-me porque tem um significado especial para aquele dia ou momento que estou vivenciando.Outras, acredito eu, sempre servirá para alguém e procuro compartilhá-la.

Esta que está transcrita aí acima é muito especial e me fez refletir a semana toda.Chegou há alguns dias atrás depois de ter lido um artigo do Oi Toronto sobre os brasileiros que estão retornando à terra natal.Este tópico foi uma discussão no nosso grupo do FSW e foi bastante lucrativa a conclusão.Muitos brasileiros estão retornando ao país devido ao aquecimento econômico brasileiro, a promessa de melhores salários, saudade da família, enfim, cada um tem o seu motivo.A razão de deixar o Brasil, pelo menos no nosso grupo é unânime: qualidade de vida.Pelo menos é o que posso perceber o que as pessoas passam em seus comentários e o que posso perceber no meu contato com amigos que estão no mesmo processo ou já estão nas terras do norte.Porém, o que a maioria procura, ao sair do país, é a escalada financeira, como também os que ficam: os seus amigos, parentes e quem não tem nada a ver com sua vida,mas que adora se meter!rsrsrsrs...Esta maioria vive angustiada e até mesmo deprimida por ter que inicialmente "descer" um degrau profissionalmente e por não ter o mesmo "padrão" (relativo!) que tinha no Brasil.O conflito inicia-se e , fatalmente, o retorno ao país é a "melhor" escolha.Daí vem uma onda de problemas.Não é à toa que em SP existe um centro de tratamento psicológico gratuito aos brasileiros que imigram de volta.

A idéia de imigrar inicia com um sonho.Um sonho "dourado" ,onde nos imaginamos vivendo dentro de uma sociedade mais justa, com segurança de ser respeitado como cidadão, de ter um bom emprego e um bom salário, férias no Brasil ou em várias partes do mundo, o aprendizado de novas culturas, aperfeiçoamento ou aprendizado de um novo idioma etc.Porém, paralelo a isso e muito mais, temos de estar cientes de todos os obstáculos que iremos encontrar e teremos que transpor.E isso não acontece somente com o "fenômeno" imigração mas, em todo e qualquer aspecto da nossa vida: a mudança de emprego, mudança de profissão, de bairro, de cidade, de condomínio, de casar, de separar, de ter mais um filho ou não ter nenhum...são escolhas que somos obrigados a ter ao longo de nossas vidas, não podemos fugir delas.Portanto, antes de qualquer decisão temos que ter um conhecimento básico sobre nós mesmos.Temos que estar cientes das nossas limitações e saber aceitá-las ou saber que somos capazes de sobrepô-las.Mas, acima de tudo temos que saber "quem eu sou", ter um íntimo contato com o seu "eu" e aprender consigo os valores que podem te trazer a felicidade tão almejada.Portanto, Jung me fez pensar que sonhar é muito importante, mas o conhecimento de si mesmo é a base para que todos os seus sonhos se tornem realidade.

No meu caso em particular, não adianta eu sonhar que minha profissão no Canadá é super bem remunerada e que eu irei "me dar bem".Não tenho dúvida que isso será consequência de muito estudo, muitas provas, muita "ralação",muito "aperto" financeiro, no mínimo por uns três anos!Este caminho não é fácil, mas o importante é estar ciente de tudo isso.Terei que abdicar de muita coisa?sim, terei e muito, mas por outro lado verei meu filho realizar o sonho dele, Veronica realizar muitos dos sonhos dela e eu, realizando muitos dos meus.E não estou falando em dinheiro!Estou falando mais uma vez em qualidade de vida, que é sempre a mesma tecla que teclo e teclo sem parar!Não vou esmiuçar o que é qualidade de vida para mim mais uma vez senão torna-se muito redundante.Nós já abrimos mão (e continuamos abrindo mão) de muita coisa material quando temos um objetivo em comum.E este nosso projeto, graças a Deus, é um projeto de equipe onde cada participante está opinando, pensando e propondo idéias a serem cuidadosamente analisadas.E não tenho dúvida: estamos todos felizes e seremos muito mais!Estamos prontos para a nova jornada!

Então, antes de mais nada: conhece-te e tome importantes decisões na sua vida ou permaneça na zona de conforto que você se encontra até aqui e sinta-se feliz da mesma forma sem reclamar e achar que a vida lhe foi injusta.

4 comentários:

  1. Você tocou num ponto importante, na minha opinião: muita gente chama a imigração de "sonho" e acaba esquecendo que sonho acaba, se desfaz, é ilusório. O sonho serve pra estimular, pra dar forças, pra impulsionar, mas a batalha é travada na vida real, e nela é preciso ter coragem, disciplina e persistência para alcançar os objetivos. E isso vocês estão fazendo! O resto, como você mesmo disse, vem como consequência.

    Abraço!
    Doug
    http://jornadaparaonorte.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. É isso aí, Doug!Vms nos preparando pq só vem coisa boa por aí!Ab

    ResponderExcluir
  3. Ola Marcelo, achei seu blog atraves do Com o pe no Canada, estou buscando dicas, conselhos, experiencias de quem se mudou para Toronto, estou lendo seu blog dos posts mais recentes para os mais antigos. Gostei muito do que escreveu neste, pois retrata nossa (minha e do meu marido) busca por maior qualidade de vida, sem que isso signifque necessariamnente sucesso financeiro. Isso eh mto dificil de ser assimilado por alguns de nossos amigos e parentes, que acham q imigrar eh loucura...
    Abs tudo de bom p vc e sua familia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Marcela!Emprimeiro lugar p nos estah realmente a qualidade de vida e sem duvida isso encontramos no Canada.Estamos muito felizes!Reveses existem sim, dificuldades tb, mas o importante eh estar ciente disso tudo antes de por o pe nesta terra maravilhosa.
      Nao adianta tentarmos explicar a muita gente o passo q estamos dando.N entra na cabeca de muita gente.Vms em frente q o Canada esta aguardando vcs!Boa sorte!Abraco!

      Excluir