sexta-feira, 22 de junho de 2012

Saúde no Canadá



Um dos pontos mais polêmicos quando se fala sobre o Canadá é a questão saúde pública.Quem há muito tempo se encontra nas belas terras geladas, já passou por diversas experiências, boas ou más.Quem não está envolvido no processo de imigração, só fala sobre "como o Canadá é frio", porém quem está envolvido em tal processo, sabe, pelo menos aqueles que mantem os pés no chão, que a situação da saúde no país não é um mar de rosas.Ou você imigra conhecendo o país como um todo, ou você passa a reclamar até da cerveja que não é vendida no supermercado!hahahahaha...

Sucessivos cortes na verba para a saúde e evasão de profissionais da saúde para os EUA, onde se ganha bem mais, deixa a população em uma situação bem difícil principalmente quando se necessita de um atendimento por especialista ou um atendimento de urgência.O primeiro pode levar muitos meses , enquanto o segundo pode levar horas.

Para quem não sabe, o sistema de saúde canadense é baseado no atendimento pelo médico de família.Este profissional acompanha você e a sua família por toda a vida.Ele será o responsável em encaminhá-lo para atendimento especializado caso julgue necessário.Alguns destes profissionais são especialistas também, portanto,por exemplo, quem tiver filhos e der a sorte de ter um médico de família pediatra, está salvo!E que seja bom profissional, é claro!Este é um sistema universal, onde todo cidadão ou residente do país deve se submeter.E tem mais: alguns serviços não são cobertos pelo sistema do governo.Você terá que pagar por estes serviços a não ser que a empresa que você trabalha te ofereça cobertura para tal.

Já ouvi e li diversos relatos sobre atendimento no Canadá.Muitos, principalmente na parte obstétrica, só falando coisas boas.Os hospitais são de primeira e o acompanhamento pré e pós parto é fantástico.Como também tem muita gente que elogia o atendimento especializado, que é excelente.Por outro lado, já soube de diversos relatos sobre os atendimentos de urgência (não estou falando de "emergência"), como por exemplo, um corte que necessita sutura e você leva horas para ser atendido e quando finalmente acontece, eles dizem que como não sangra mais, não necessita sutura, te mandam embora e receitam Tylenol.Aliás, pelo que vi tudo lá é "Tylenol"...rsrsrs.

Não pretendo com este post apavorar quem pretende imigrar, mas acho muito importante estar ciente da realidade do país que tanto desejamos e sonhamos.Os prós do Canadá ultrapassam os "cons", porém vamos olhar de frente a realidade que nos aguarda.Ninguém deve desembarcar num lindo país achando que tudo é maravilha.Pelo menos para mim, saber a realidade das coisas me deixa mais seguro para encarar qualquer situação nova que venha surgir.Vamos lembrar também que o Canadá é um país de primeiro mundo, onde o cidadão é respeitado, ouvido e paga altos impostos para pelos serviços públicos.Portanto, esta situação da saúde pode ser modificada e melhorada e é por isso que a população e a mídia estão sempre alerta e crítica, sempre pressionando Ottawa por melhores horizontes em relação à saúde pública e universal.

E você? O que acha do atendimento da saúde no Canadá?

2 comentários:

  1. Post muito bem escrito Marcelo! Acho que o Brasil assim como o Canada sao experiencias individuais... por isso o assunto é tao polemico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O importante,Sá, é sabermos da realidade e temos o livre arbítrio de escolher entre as duas realidades, como também estarmos cientes que podemos exercer nossa cidadania plenamente.

      Excluir