quinta-feira, 31 de maio de 2012

Deixando de lado o que não vale a pena



Há duas semanas atrás eu fui para o Rio.Planejava esta viagem há alguns meses para ficar uns dias ao lado de uma tia muito querida que fez parte ativa da minha vida desde a infância.Ela está muito doente, com uma degeneração neurológica.A pessoa pára de andar, de movimentar os braços, de deglutir e até de respirar, mas a  consciência continua intacta, ou seja, a pessoa tem plena noção do que está acontecendo com o próprio organismo e não há nada a se fazer a não ser esperar a hora que o organismo entre em falência.É muito triste, angustiante.Porém, a minha estada ao lado dela foi muito boa, proveitosa, como sempre foi.O que choca é o que você vê.Como uma pessoa ativa, que sempre gostou de tocar piano, ir a concertos, estudar e ler, está completamente incapacitada fisicamente.A cabeça continua a mesma,rica, culta e a conversa flui agradável.Tem horas que nem lembrava das limitações dela a não ser na hora de andar, levantar da cama e comer.Ela está encarando tudo de forma muito natural e de frente.Admirável.Em nenhum momento ouvi palavras depressivas ou revoltadas.Somente conversa realista, sobre a vida e a morte.

Não quero causar uma impressão triste ou deprimente com este post.Mas, esta é mais uma situação na minha vida que me leva a reafirmar e repensar o valor da nossa passagem aqui neste planeta.E vejo que estou pensando certo.Temos que viver intensamente, fazer e curtir quem você ama, ter o livre arbítrio de ser feliz.Despir-se de mediocridades, egoísmos,mesquinharias e superficialidades...simplesmente viver da melhor forma possível, longe de conflitos, competições ridículas e valores pífios.Temos que estar acima destes pequenos valores para que a vida valha realmente a pena, relevar muita coisa e manter-se afastado de situações ou pessoas que procuram te magoar.

Portanto, decidí que imigrar para mim não é nem nunca foi um caminho para glórias financeiras.Estou a procura do "meu canto" onde eu possa viver tranquilamente, curtindo a minha casa, a minha família, a "minha rua", a"minha" cidade, a "minha" vizinhança, o "meu" parque,respeitando e sendo respeitado como cidadão.Acima de tudo isso, quero aprender muito.Aprender uma nova cultura e mergulhar de cabeça nela.Definitivamnte quero viver e levar o melhor desta vida quando tiver que partir.Assim como minha querida tia está fazendo...

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Chuva de Exames Médicos


Não tem como não deixar de comentar sobre os últimos acontecimentos na blogosfera e nos grupos secretos do FB.Hoje foi um "reboliço" só!Está chovendo exames médicos!Finalmente os aplicantes de 2010 estão recebendo seus combos e estão todos em êxtase!Tenho acompanhado durante um bom tempo a angústia e descrença de muitos que, pelo tempo, já achavam que o processo ia "rodar".Eu, como sempre otimista, nunca deixei de acreditar que tudo iria dar certo.E está dando!

Depois de muita discussão, suposições e informações do próprio consulado, podemos ver que o que foi dito tinha fundamento.O fato de que o consulado recebeu ordens de concluir todos os FSW até Junho, faz sentido.

Esta fila andando nos deixa muito felizes pois sabemos que a nossa vez está chegando!

Boa sorte para todos!

domingo, 27 de maio de 2012

Carteira de motorista no Canadá

Este  tópico já anda bastante batido pelos blogs,mas achei uns vídeos bem interessantes e resolvi postar aqui.Informação nunca é demais, né?As instruções dos vídeos referem-se à província de Ontario, mas os tipos das licenças são as mesmas para todo o Canadá (G1,G2 e G full).

Quem tiver interesse eu tenho em PDF o Driver´s Handbook Study Guide.Quem quiser é só deixar o email que envio.

Seguem os vídeos:

video

video

video

video

terça-feira, 8 de maio de 2012

Informação muito útil

Esta informação é muito útil e nos foi passada pela maravilhosa Turma do Balão e Rosa da Silva.

Credito de imposto GST/HST para quem acabou de se tornar residente permanente




Este é um crédito de imposto pago no Canadá referente ao ano em que a pessoa se tornou residente permanente, mas que não é divulgado pelo governo. A maioria das pessoas recém-chegadas ao Canadá não sabem da existência deste retorno de crédito. Todos os recém-chegados têm o direito de requerer este retorno de crédito de imposto através do preenchimento de um formulário chamado “GST/HST Credit Application” que deve ser feito o mais rápido possível . O formulário pode ser adquirido em centros de informação ao recém-chegado como o do TCET – Centre for Education and Training ou através de seu assistente para estabelecimento no Canada – “Settlement Worker.” Aqueles que residem na região de PEEL podem me procurar no (905) 670-1967 extensão 237 que os ajudo gratuitamente a preencher o formulário, os que vivem na região de Oakville podem me procurar no NIC no 171 Speers Road todas a terças-feiras de 9:00 as 16:00 h. O GST é um imposto que pagamos na maioria dos produtos e serviços comercializados no Canadá. Em algumas províncias, o GST esta imerso no imposto de venda que e chamado de HST.
O crédito de GST e HST ajuda as pessoas e famílias com baixa e modesta renda à receber de volta parte do imposto que é pago quando compram produtos que precisam quando chegam ao país. Para receber esse crédito é necessário atingir os seguintes critérios: Ser residente do Canada e ter 19 anos de idade ou mais. O governo do Canadá considera uma pessoa como residente quando essa pessoa estabelece laços de residência suficientes. Esse laços são: Ter moradia fixa, esposa (o) ou parceiro (a) ou dependentes que vieram para o Canadá viver com a pessoa que esta registrando para o crédito, propriedades pessoais no Canadá como por exemplo, um carro ou móveis e laços econômicos e sociais no Canada. Outros comprovantes desses laços são também, carteira de motorista, conta bancaria canadense, cartão de crédito ou seguro de saúde do Canadá.
O crédito do imposto GST/HST é calculado sobre a renda individual ou do casal se ambos vivem no Canadá, no número de filhos, e no seguinte programa de pagamento;
1. Se a pessoa se tornou residente do Canadá antes de 1 de abril , ela pode receber pagamento do crédito para abril, julho e outubro do mesmo ano em que tornou residente e para janeiro e abril do ano seguinte;
2. Se a pessoa se tornou residente depois de 31 de março e antes de 1 de julho, ela pode receber pagamentos referentes a julho e outubro do mesmo ano e janeiro e abril do ano seguinte;
3. Se a pessoa se tornou residente depois de 30 de junho e antes de 1 de outubro, ela pode receber pagamentos referentes a outubro do mesmo ano e para janeiro e abril do ano seguinte;
4. Se a pessoa se tornou residente depois de 30 de setembro, ela poderá receber os pagamentos para janeiro e abril do ano seguinte.
Note que uma pessoa se torna residente quando ela recebe a residência permanente e entra no Canadá. A pessoa que tem a autorização de residência permanente e não entrou ainda no Canadá não é considerada residente. Portanto, o dia em que a pessoa se torna residente é o dia em que aterrissou no Aeroporto do Canadá, por isso é chamada em inglês de “landed immigrant.”
Portanto, se você, caro leitor (a), chegou para residir no Canadá este ano ainda tem direito a receber dois pagamentos do crédito de imposto referentes a janeiro e abril, complete logo o formulário, qualquer dinheiro e bem-vindo para ajudar a pagar as despesas referentes à mudança para este país.



segunda-feira, 7 de maio de 2012

O Canadá nos chama



Existem acontecimentos que nos ajudam a ter a certeza de certas decisões na nossa vida.O meu processo por sí só foi uma prova e tanto para mim.Foi uma prova de persistência,paciência e muita fé de que tudo daria certo.A luta foi árdua até chegar aonde estou hoje.

Outros acontecimentos surgiram e surgirão.Um exemplo foi a greve da polícia militar que aconteceu aqui antes do carnaval que também nos fez ter mais certeza que não merecemos aquela insegurança que vivemos e enxergar mais ainda que o nosso lugar não é este.

Infelizmente, o último acontecimento foi um furto que sofremos mês passado e nos deixou mais aterrozidados ainda.O prejuízo foi grande,mas a sensação de impotência e descaso é que nos deixa mais chocados pois sabemos quais foram os elementos que entraram na nossa sala,com chave da porta,diga-se de passagem, e nada podemos fazer.Agora,imagine ter que encarar estas figuras diariamente? Hoje acordei sem vontade de por os pés no consultório.Fiquei muito desestimulado com tudo isso,senti-me traído,quebra total de confiança,foi o pior para mim .Mas, graças a Deus, amo o que faço e tenho pacientes que me fazem ganhar o meu dia.Isso tudo ameniza a situação difícil que estamos tendo que suportar.

Sei que temos que segurar firme a "onda" ,respirar fundo e seguir em frente,acreditando que "o parto" para uma vida melhor está prestes a acontecer !Dificuldades?claro que existirão! Perfeição?também não conte com ela.Conto com tranqüilidade,segurança e qualidade de vida.

Sei que teremos que ultrapassar alguns obstáculos para chegar aonde pretendemos,mas disposição não nos falta.O Canadá nos chama! 

terça-feira, 1 de maio de 2012

Sensação boa

Os Meus Pensamentos são Todos SensaçõesSou um guardador de rebanhos. 
O rebanho é os meus pensamentos 
E os meus pensamentos são todos sensações. 
Penso com os olhos e com os ouvidos 
E com as mãos e os pés 
E com o nariz e a boca. 
Pensar uma flor é vê-la e cheirá-la 
E comer um fruto é saber-lhe o sentido. 
Por isso quando num dia de calor 
Me sinto triste de gozá-lo tanto. 
E me deito ao comprido na erva, 
E fecho os olhos quentes, 
Sinto todo o meu corpo deitado na realidade, 
Sei a verdade e sou feliz. 

Alberto Caeiro, in "O Guardador de Rebanhos - Poema IX" 
Heterónimo de Fernando Pessoa



Eu queria uma caixa dessa, alguém sabe onde achar?
Hoje estou feliz.Comecei a arrumar apenas uma caixa para mudança.E já estou feliz!rsrs...É muito bom ver uma estante toda vazia, sem nenhum livro ou porta-retratos.Comecei aos poucos e vou seguindo, este é o caminho, já que não quero deixar tudo para cima da hora.

Agora, me digam: que mania é essa que temos de acumular coisas que nunca usamos pelo simples capricho de ter?